sábado, 21 de abril de 2018

CARTA ABERTA AOS VEREADORES DE TAMBORIL

CARTA ABERTA AOS VEREADORES DE TAMBORIL


Tamboril : sexta-feira 20/04/18.

Nenhum texto alternativo automático disponível.- Senhores(as) vereadores(as) sendo eu residente e domiciliado no município de Tamboril, exercendo nesta comarca os meus direitos e deveres como cidadão Brasileiro, inclusive o de escolher através do voto livre os meus representantes como agentes públicos, sejam os tais no majoritário ou no poder legislativo nas esferas que formam a união, casado, pai de família, ministro de fé de confissão religiosa, profissional de imprensa e comerciário, venho através desta carta manifestar meu inteiro e total repudio a forma que os senhores(as) vêm desenvolvendo os seus mandatos ao longo destes Dezesseis (16) primeiros meses.

É notória a falta de transparência dos trabalhos e ações desta casa ao cidadão que não dispõe de tempo hábil para acompanhar as sessões realizadas em uma sexta-feira feira as nove horas da manhã. Não tenho conhecimento de nenhuma divulgação por parte da imprensa ou das redes sociais (fora a publicação de algumas fotos em uma pagina da câmara na rede social Facebook) expondo com antecedência a pauta do dia e muito menos depois a publicação ou prestação de contas daquilo que foi debatido e projetos votados, fazendo isto em ampla divulgação para que todas ou a maioria da população venha ter o Maximo de conhecimento das atividades realizada na casa do povo pelas seus representantes.

A falta de debates no campo das ideias, a falta da participação de muitos dos senhores nos debates, o exagero nas cobranças e na defesa de situação e oposição quando agem muito mais como advogados de suas ideologias do que como representantes do povo, embora seja legitimo e necessário a bancada de situação e oposição os senhores estão sendo pagos para representar a coletividade e não interesses particulares. Repudio a tudo isto.
A grosseira e desrespeitosa e frequente não realização das sessões ordinárias por falta de coro. Como um funcionário pode faltar ao trabalho sem dar satisfação ao seu patrão? No caso o povo! Como alguém pode ganhar tão bom salário para se apresentar apenas uma vez por semana em período estimado em pouco mais de uma hora e ainda assim não se apresentar devidamente e rigorosamente no horário, vindo a priorizar outras atividades muitas vezes estranhas a suas atividades parlamentares
Em meio à uma crise política que tem levado a classe política a um descrédito alarmante diante da sociedade eu espero pelo menos dos políticos de casa uma postura diferente, a geração da dentadura já passou e hoje temos uma geração que nasceu junto com o advento da tecnologia. Ou os políticos mudam ou o povo muda o político.

Cicero Maia de Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário